Previna-se

A forma mais eficaz de evitar a febre amarela é por meio da vacinação. Procure um posto de saúde mais próximo e vacine-se.Clique aqui e encontre o posto mais próximo para você.

ORIENTAÇÕES PARA VACINAÇÃO

  • Pessoas de 9 meses até antes de completar 5 anos:

    administrar 1 dose. Administrar dose de reforço aos 4 anos.

  • Pessoas a partir de 5 anos de idade, que receberam uma dose da vacina antes de completarem 5 anos de idade:

    administrar uma dose de reforço, com intervalo mínimo de 30 dias entre a dose e o reforço.

  • Pessoas 5 até 59 anos de idade NÃO VACINADAS:

    administrar uma dose.

  • Pessoas de 5 até 59 anos de idade VACINADAS:

    estão imunizadas e não precisam se vacinar.

  • Pessoas a partir de 60 anos que já receberam pelo menos uma dose da vacina:

    estão imunizadas e não precisam se vacinar.

  • Pessoas a partir de 60 anos que NUNCA SE VACINARAM ou sem comprovante de vacinação:

    administrar uma dose da vacina após avaliação da equipe dos postos de saúde.

  • Gestantes NÃO VACINADAS:

    administrar uma dose.

  • Mulheres NÃO VACINADAS amamentando crianças menores de 6 meses:

    administrar uma dose da vacina e suspender o aleitamento materno por 10 dias após a vacinação.

  • Viajantes NÃO VACINADOS com destino a áreas de mata, cachoeiras, sítios e fazendas:

    administrar uma dose pelo menos 10 dias antes da viagem, respeitando as precauções e contraindicações da vacina.

  • CONTRAINDICAÇÕES

    • Crianças menores de 6 meses.
    • Pessoas com história de eventos adversos graves em doses anteriores.
    • Pessoas com alergia grave (anafilaxia) a ovo ou a outros componentes da vacina.
    • Portadores de doenças do timo, lúpus, artrite reumatoide, doença de Addison.
    • Portadores de imunossupressão grave, transplantados, portadores de neoplasia ativa, algumas doenças hematológicas, usuários de terapia imunossupressora, inclusive corticoterapia.
  • NÃO SÃO contraindicações à vacina

    Hipertensão, diabetes mellitus, história de infarto agudo do miocárdio ou acidente vascular encefálico, insuficiência renal crônica, asplenia, cirrose hepática.